sexta-feira, 23 de setembro de 2016

TANCREDO DE ALMEIDA NEVES, INESQUECÍVEL COLABORADOR DO MINAS FUTEBOL CLUBE



Por Luiz Antônio Ferreira, o "Irmão" (⭐︎ São João del-Rei, 2/2/1949  ✞ 5/3/2015 Barbacena) *


Tancredo de Almeida Neves, presidente
do MFC-Minas Futebol Clube (1942-1946)



Desde a formação do clube em 1916, o menino Tancredo apenas com 6 anos, já era conduzido pelo seu progenitor, Francisco de Paula Neves, o qual foi um dos muitos que contribuíram para a formação do novo clube, a frequentar as pelejas que se faziam em São João del-Rei. 

Quando aluno do Grupo Escolar João dos Santos, Tancredo juntamente com Gentil Palhares e outros viviam jogando peladas com bola feita de meias, em vários locais e praças da cidade.

Consta em ata do ano de 1924, quando houve eleições para presidente do Minas Futebol Clube, a assinatura do menino Tancredo, na época com 14 anos.

Como estudante no Colégio Santo Antônio, Tancredo participava dos times de futebol formados pelos freis franciscanos.

Naquela ocasião, era costume entre os times, os jogadores serem cedidos a outras agremiações. Numa dessas ocasiões, o estudante Tancredo pôde usar a camisa alvi-celeste do clube que aprendera a admirar.

Após sua formatura no Ginásio Santo Antônio, Tancredo continuou seus estudos, tendo se graduado em Direito no curso superior. Não temos notícias de que Tancredo tenha frequentado alguma agremiação esportiva nessa época, porém seus irmãos Chico Neves e Alemão, como eram conhecidos em campo, participaram do Minas por vários anos. 

Todos os são-joanenses são testemunhas de que Dr. Tancredo, em sua trajetória de vida, quer como cidadão ou como político, quando procurado, jamais deixou de ajudar as associações esportivas. Neste particular, o Minas deve muito a ele e também ao Sr. João Hallak pela construção da sua Sede Social com o famoso Salão dos Espelhos.

Dr. Tancredo, mineiro de coração, foi entre outros cargos dentro do MFC, Conselheiro, Diretor e Presidente, neste caso, com mandato exercido no período de 1942 a 1946. 

Também, por seu abnegado empenho e esforço, fez com que o Minas tivesse seu Ginásio Poliesportivo, e infelizmente não pôde presenciar a sua inauguração. 

O Minas Futebol Clube, nestes 100 anos de existência, agradece à família Neves que muito soube prestigiá-lo em todas as circunstâncias e ainda o faz na pessoa do Senador Aécio Neves e Andréa Neves, dentre outros que continuam honrando com muito orgulho o nome do grande estadista são-joanense Tancredo de Almeida Neves.

–––––––––––––––––––––––––––––––
* LUIZ ANTÔNIO FERREIRA foi diretor do Departamento Aquático da Diretoria eleita para o biênio jan 1999-jan 2001, sob a presidência de Salim Eustáquio Leite de Resende.