terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Colaborador: MÁRIO BRUNO GONÇALVES CAREZZATO

MÁRIO BRUNO GONÇALVES CAREZZATO nasceu em São Paulo. Começou seus estudos de piano aos 9 anos de idade no Instituto Musical Pe. José Maurício, onde se formou nos cursos normal e virtuosidade sob a orientação da pianista e compositora Rachel Peluso.

Aos 18 anos, começou a estudar canto artístico, tendo se formado nos cursos normal e virtuosidade sob a orientação da professora Gioconda Peluso.

Estudou composição, orquestração, regência de coral e de orquestra com o maestro João Sepe.

Com o pianista e professor Gilberto Tinetti estudou técnica e interpretação pianística.

Aos 22 anos, foi vencedor do 1º prêmio do 1º Concurso de Interpretação da Canção Brasileira de Câmara instituído pela Sociedade Pró-Música Brasileira, sendo, na época, seu diretor o compositor Osvaldo Lacerda,  e patrocinado pelo Conselho Nacional de Cultura do Rio de Janeiro, realizado em São Paulo em 1963.

Como integrante do Madrigal da Orquestra de Câmara de São Paulo, viajou a Dakar (África Francesa), onde apresentou dois recitais e, depois, em Lucca, na Itália, participou do Festival de Música Sacra. Na mesma ocasião, apresentou-se em recital solo na Sala da Imprensa Internacional em Roma.

Foi professor fundador da Escola de Música e Artes Plásticas Fêgo Camargo em Taubaté e do Conservatório Musical Santa Cecília em Pindamonhangaba, hoje faculdade de música, onde lecionou canto e piano.

Trabalhou por mais de 40 anos como maestro arranjador e músico em gravações comerciais para várias gravadoras de São Paulo.

Atualmente, continua ministrando aulas de técnica vocal e dirigindo o estúdio digital de gravação que possui em sociedade com seus irmãos.