quarta-feira, 8 de maio de 2019

ENTRONIZAÇÃO DO RETRATO DO PREFEITO FÁBIO NELSON GUIMARÃES NO SALÃO NOBRE DO PAÇO MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DEL-REI


Discurso proferido por Francisco José dos Santos Braga
Membro do IHG de São João del-Rei 


Exmo. Sr. Prefeito de São João del-Rei, Sr. Nivaldo Andrade, 
Exmo. Sr. Vereador são-joanense, Sr. Jorginho Hannas, 
Ilmo. Dr. José Egídio de Carvalho, Presidente da ACI-Associação Comercial e Industrial de São João del-Rei, 
Ilmos. confrades de IHG, Antônio Gaio Sobrinho, Ana Maria Oliveira Cintra e Betânia Maria Monteiro Guimarães, 
Ilmo. Sr. João Bosco de Castro Teixeira, nesta oportunidade representando a Academia de Letras de São João del-Rei, 
Prezados são-joanenses que aqui comparecem a essa cerimônia, 


Permitam-me retroagir 60 anos atrás para verificarmos o que acontecia em fins da década de 1950 em São João del-Rei.

Fábio Nelson Guimarães (✰ São João del-Rei, 23/10/1932 ✞ 01/07/1996)

Uma criança portando uma sacola com vidros vazios adentra a Farmácia Guimarães do farmacêutico Onésimo Guimarães. Seu filho Fábio Nelson Guimarães pode ser visto atrás do balcão, ao lado de Aluízio José Viegas. Fábio tinha cursado Farmácia na UFJF, onde marcou presença na cultura acadêmica, tendo sido o orador na formatura de sua turma, em 1957. Tendo voltado a São João del-Rei, passa a ajudar seu pai na direção da farmácia. A criança tem sorte, porque tanto Aluízio quanto Fábio não são muito rígidos na hora de avaliar os vidros. Após a contagem dos vidros, vem a negociação. O preço é fixado. Diante do olhar triste da criança, eles costumam usar de certa brandura e clemência ao compensá-la pela venda. Aquela criança é este que vos fala. 

Fábio teve uma ascensão meteórica naquela década de 1960: tendo cursado Farmácia em 1957, como vimos, tornou-se bacharel em Filosofia em 1962, pela Faculdade Dom Bosco. (Mais tarde, em 1980 tornou-se bacharel em Direito, pela Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais de Barbacena.) Na FDB, teve uma marcante presença política estudantil, quando dirigiu o DASTA-Diretório Acadêmico São Tomás de Aquino e lançou o mensário Conquistas, órgão oficial do DASTA. Durante esta época, a convite de Pe. Luiz Zver, foi sócio-fundador do C.A.C.-Centro Artístico e Cultural, cujo primeiro Conselho Diretivo tomou posse em 26/07/1959; Fábio ficou responsável pelo Departamento de História. Ao mesmo tempo, Fábio foi o fundador do Museu Tomé Portes del-Rei, na casa onde nasceu Bárbara Eliodora, inaugurado em 17/07/1959. 

Encaminhando-nos à década de 1960, Fábio publicou Fundação Histórica de São João del-Rei (1961), O Município de São João del-Rei aos 250 anos de sua criação (1963), Antônio Garcia da Cunha, o fundador de São João del-Rei (1966), Roteiro turístico de São João del-Rei para a IV Convenção do Distrito L-11/1968, Informações turísticas sobre a cidade de Tiradentes (1968) e Padre José Maria Xavier (1969). 

Foi sócio fundador da Sociedade dos Amigos de São João del-Rei (23/6/1960) e seu primeiro presidente provisório. 

Em 1962 dirigiu e ministrou aulas no primeiro Curso de Turismo em São João del-Rei, promovido pelo SENAC. Naquele curso teve por aluna Betânia, aquela que viria a tornar-se sua esposa e mãe de seus filhos. 

Em junho de 1962 Fábio tornou-se presidente do C.A.C.-Centro Artístico e Cultural. Ainda em junho, logo no início de sua gestão como presidente do C.A.C., Fábio convidou e foi aceito o convite para Paulo Kruger Corrêa Mourão (irmão do General Olímpio Mourão Filho, ex-comandante do Regimento Tiradentes) vir a São João pronunciar duas conferências intituladas O Barroco e as Igrejas de São João del-Rei e Um Estudo sobre São João del-Rei antigo

Em 18/9/1962 Fábio foi eleito sócio correspondente por unanimidade pelos membros do IHG-MG. O que tinha garantido o seu ingresso foi a publicação do livro Fundação Histórica de São João del-Rei, um ano antes. 

Em 1963 foi autor da letra do Hino dos 250 anos da Vila de São João del-Rei. 

Acumulou os cargos de secretário e chefe de gabinete do prefeito Nelson José Lombardi (1963-1966), ocupando o cargo de prefeito interino de São João del-Rei (de 12/09/1966 a 24/09/1966).

Fábio Nelson Guimarães, secretário e chefe de gabinete, despacha com o Prefeito Nelson José Lombardi
Mas o mais importante ainda estava por vir: o seu casamento com Betânia Maria Monteiro Guimarães em 10/07/1965, na Matriz de Dom Bosco, em cerimônia oficiada por Pe. Luiz Zver. Esse passo importante em sua vida lhe trouxe a estabilidade e a despreocupação necessárias à realização de seus grandes ideais, tendo, a partir dali, em Betânia sua grande colaboradora e companheira de vida. Desse enlace nasceram Flávia, Afrânio Augusto, Andréa e Márcia. 

Fábio trabalhou durante muitos anos na Escola Estadual Cônego Osvaldo Lustosa e no Colégio Tiradentes. Convidei seu aluno Luiz Artur Fiche de Carvalho para esta solenidade para representar centenas de seus alunos e ele aqui está para reverenciar e enaltecer a memória de seu mestre Fábio, professor de Ciências Físicas, Químicas e Biológicas em 1975 na E.E. Cônego Osvaldo Lustosa. 

Fábio foi sócio fundador do Lions Clube de São João del-Rei e seu quarto presidente, no ano leonístico 67/68. 

Em 1968 foi graciosamente o primeiro diretor do Ginásio Dr. Kléber Vasques Filgueiras, da CNEG-Campanha Nacional dos Educandários Gratuitos. 

Tornou-se cavaleiro-comendador da Ordem dos Templários (armado, sagrado e investido em 7/12/1969) e da Ordem dos Bandeirantes. 

No final da década, revelou-se um indispensável idealizador das duas entidades que se seguiriam ao fechamento do C.A.C. em 1969: o Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei (01/03/1970), do qual foi tanto sócio-fundador quanto primeiro presidente, bem como a Academia de Letras de São João del-Rei, criada em 08/12/1970. 

Muitas outras realizações para a cidade de São João del-Rei são o apanágio do meu homenageado, mas essas podem ficar para outra ocasião. Por uma questão de tempo e espaço, vou limitar-me à referida década de 60. 

Fábio faleceu em 1º de julho de 1996 em São João del-Rei. 

Recentemente, pedi que fosse registrada em ata do IHG-SJDR minha fala sobre o professor Fábio Nelson Guimarães, cuja memória está sendo resgatada em todas as nossas reuniões ordinárias deste ano de 2019. Na minha referida fala mencionei pelo menos os seguintes fatos relevantes para o IHG: Fábio representou brilhantemente a nossa cidade em todas as Instituições culturais de que participou como sócio (por exemplo, IHG-MG, IHG-JF e AMULMIG-Academia Municipalista de Letras de MG). Também mencionei o seguinte episódio esquecido dos historiadores de São João del-Rei: é que Fábio Nelson Guimarães foi prefeito desta cidade por 13 dias (12 a 24/09/1966), quando o prefeito Nelson José Lombardi se desincompatibilizou do cargo para concorrer à Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Na ordem de preferência para ocupar o cargo vago, estava, primeiro, o vice-prefeito Dr. Cid de Souza Rangel, que abdicou do direito de ocupá-lo e, em segundo lugar, o presidente da Câmara dos Vereadores, Dr. Altamiro Braga, que também desistiu de assumi-lo. Minha interpretação é que já era conhecido, talvez até nomeado, o interventor para substituir o ex-prefeito até completar o final do mandato em 31/01/1967. Provavelmente os dois políticos são-joanenses tenham considerado a posse como prefeito em caráter de interinidade, até a chegada do interventor, um grande desgaste que poderia afetar sua futura carreira política. Para a Prefeitura não ficar acéfala, o secretário e chefe de gabinete do ex-prefeito, Fábio Nelson Guimarães, conhecedor de toda a burocracia da Prefeitura, tomou posse, permanecendo no cargo de prefeito interino por 13 dias, até que o General Antônio Carlos Mourão Ratton "nomeado pelo Exmo. Presidente da República interventor federal deste Município" tomasse posse para a conclusão do mandato do ex-prefeito Nelson José Lombardi até a posse do novo prefeito eleito, Milton de Resende Viegas, em 31/01/1967. De fato, nem Fábio Nelson Guimarães, nem o General Antônio Carlos Mourão Ratton tiveram seus mandatos referendados pelas urnas. O que não se pode concordar, a bem da justiça, é que apenas o retrato do General Mourão Ratton apareça na Galeria de ex-Prefeitos de São João del-Rei neste Salão Nobre "Basílio de Magalhães". O nome de Fábio Nelson Guimarães como prefeito interino consta do "Registro dos Termos de Posse dos Prefeitos de São João del-Rei de 1930 a 1992", razão por que este são-joanense tem reivindicado junto à Câmara de Vereadores que o retrato de Fábio também conste da Galeria de ex-Prefeitos de São João del-Rei entre os dos prefeitos Nelson José Lombardi e General Mourão Ratton, no Salão Nobre "Basílio de Magalhães".

Livro de Registro dos Termos de Posse dos Prefeitos de São João del-Rei de 1930 a 1992
Termo de entrega da Prefeitura Municipal de São João del-Rei pelo ex-Prefeito Nelson José Lombardi

Este são-joanense justificou o seu pedido pela elevada responsabilidade funcional de Fábio diante da ameaça de uma situação de anomia ou até mesmo de quebra da autoridade municipal, podendo desaguar na anarquia ou desorganização social, na época dos fatos aqui narrados. Fábio não hesitou e aceitou corajosamente assumir total responsabilidade diante da situação atípica aqui relatada. 

Exmo. Vereador Jorginho Hannas, 
Tive a sorte de encontrar em V. Excia. um ouvinte atencioso que, diante de minha exposição de motivos, se sensibilizou com a minha abnegada proposição e colocou à minha disposição o seu Gabinete para concretização do meu sonho: num flagrante desrespeito à verdade histórica prevaleceu a injustiça praticada contra um servidor público municipal, quando lhe foi retirado, por 53 anos, o direito de perfilar a Galeria de ex-Prefeitos neste espaço público. Imediatamente, convenceu-se V. Excia. de que o Prefeito Nivaldo Andrade jamais se furtaria a fazer valer a verdade histórica, cumpridor como é da legalidade, isto é, de todos os contratos, tratados, convênios, acordos, convenções e pactos, sendo, por isso mesmo, merecedor de nossa admiração e apreço. 

Tive o prazer de trabalhar sob o comando dele na Chancelaria da Comenda da Liberdade e Cidadania, em 2011, e testemunhei bem o seu estilo de trabalho proativo e propositivo, razão por que passei a estimá-lo e afirmo aqui publicamente minha admiração pelo seu trabalho à frente da Prefeitura Municipal de São João del-Rei. Estamos, pois, diante de uma injustiça que clama aos céus para ser reparada pelo Prefeito Nivaldo Andrade, a pedido de V. Excia. 

Exmo. Prefeito Nivaldo Andrade, 
Está nas mãos de V. Excia., prefeito sempre sensibilizado com os assuntos históricos da cidade e anseios sociais de nossa população, autorizar a colocação do retrato do Prefeito Fábio Nelson Guimarães, assim resgatando a verdade histórica e concedendo ao historiador homenageado o direito póstumo de ocupar o legítimo e merecido espaço nesta Galeria de Retratos de ex-Prefeitos de nossa Municipalidade, autorizando a imediata colocação de seu retrato no seu lugar mais do que merecido. 

Finalmente, tenho o prazer de representar aqui o IHG de São João del-Rei, onde exerço o cargo de Secretário de Relações Institucionais, que agradece ao Vereador Hannas e ao Prefeito Nivaldo a simpática receptividade a esta minha iniciativa que, efetivada pelas mãos dos dois políticos conterrâneos, engrandece a história são-joanense. 

Muito obrigado!

♧               ♧               ♧



AGRADECIMENTO 

    
A Rute Pardini Braga pelas fotos que formatou e editou para os fins desta matéria.


Estou discursando...


















Prefeito Nivaldo Andrade exibe
"Registro dos Termos de Posse dos Prefeitos de São João del-Rei de 1930 a 1992"

Prefeito Nivaldo Andrade discursa


















Vereador Jorginho Hannas discursa
Foto geral da assembleia presente à solenidade
Da esq. p/ dir.: Betânia com o "Registro dos Termos de Posse dos Prefeitos de São João del-Rei de 1930 a 1992", sua filha Flávia e sua cunhada Júnia
Retrato do Prefeito Fábio Nelson Guimarães "no seu lugar mais do que merecido"

Rute Pardini Braga, a fotógrafa deste evento

17 comentários:

Francisco José dos Santos Braga (compositor, pianista, escritor, tradutor, gerente do Blog do Braga e do Blog de São João del-Rei) disse...

Tenho o prazer de enviar-lhe meu discurso na abertura da cerimônia de entronização do retrato do Prefeito Fábio Nelson Guimarães no Salão Nobre "Basílio de Magalhães" do Paço Municipal de São João del-Rei, na data de hoje (08/05/2019), às 15h30min.
Nesta reunião presidida pelo Prefeito Nivaldo Andrade, constatou-se que não era suscetível de questionamento o reconhecimento ainda que tardio de que o historiador e professor Fábio Nelson Guimarães foi vítima de uma injustiça, há 53 anos atrás.

https://saojoaodel-rei.blogspot.com/2019/05/entronizacao-do-retrato-do-prefeito.html

Cordial abraço,
Francisco Braga
Gerente do Blog de São João del-Rei

Betânia Maria Monteiro Guimarães (escritora, pesquisadora, professora universitária e membro do IHG e da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

Queridos Rute e Francisco Braga: estou ainda tomada de emoção com palavras tão bem proferidas pelo seu esposo Francisco. Ele tornou a cerimônia tão eloquente e significativa. Seremos-lhe gratos eternamente.
A vocês nosso carinho e gratidão. As fotos tão bem registraram esses momentos.
Nossos agradecimentos aos amigos que compareceram.

Eudóxia de Barros (insigne pianista, concertista e membro da Academia Brasileira de Música) disse...

Muito grata. Cumprimentos,
Eudóxia

Anizabel Nunes Rodrigues de Lucas (flautista, professora de música e regente são-joanense) disse...

Parabéns pela iniciativa bem como o sucesso obtido. Merecida homenagem a Fábio Guimarães.

Dr. Rogério Medeiros Garcia de Lima (professor universitário, desembargador do TJMG, escritor e membro da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

BELO DISCURSO E BELA HOMENAGEM!

Prof. José Lourenço Parreira (capitão do Exército, professor de música, violinista, maestro, historiador e escritor, além de redator do "Evangelho Quotidiano") disse...

Caríssimo amigo e glória das letras de São João del-Rei, Francisco Braga, paz!

Aqui, em Campo Grande, são 4 h da manhã. Termino a leitura de suas brilhantes palavras sobre o saudoso Fábio Nelson Guimarães.
Fui seu aluno e com ele tive inúmeros diálogos numa pluralidade admirável de temas.
Lembro-me do Professor Fábio falar sobre sua genealogia, raízes lá da península ibérica onde ainda existiria o Castelos dos Guimarães.
Historiador ativo, vejo-o, com os olhos da memória, num dia solene na Catedral do Pilar, fazendo discurso lá do Presbitério.
Sendo eu, à época, líder estudantil, fui falar com o Prefeito Nelson Lombardi e Fábio foi o intermediário.
Enfim, caro Francisco Braga, Fábio marcou a minha vida profundamente.
Seu aluno, no Colégio Tiradentes, eu e os demais alunos víamos nele um líder: jovem, educado, culto, brilhante, vencedor!
Hoje, bem o sabemos, a juventude está carente de modelos; daí, a projeção deprimente dos líderes que se destacam por sua pequenez cultural,
moral, espiritual! Que pena!
Agradeço-lhe, caríssimo amigo e brilhante escritor Francisco Braga, o presente de mais um tesouro literário e seu bom combate no resgate da
memória de Fábio Nelson Guimarães!
Que a Virgem Nossa Senhora do Pilar o cubra de bênçãos!

José Lourenço Parreira

Paulo Roberto Sousa Lima (escritor, gestor cultural e presidente eleito do IHG de São João del-Rei para o triênio 2018-2020) disse...

Prezado confrade Francisco Braga, bom dia. Quero manifestar minha mais profunda alegria por presenciar a correção de um equívoco histórico do não reconhecimento do efetivo mandato exercido, mesmo que por interinidade, pelo digno e zeloso ex-Presidente do IHG-SJDR Fábio Nelson Guimarães. Esse fato credito à sua imensa capacidade de articulação e, por que não, à sua persistência e resistência pessoal de enfrentar na liça dos debates, os obstáculos à consecução de objetivos que considere justos e corretos. E o reconhecimento da presença de nosso confrade fundador e ex-Presidente do IHG-SJDR como prefeito de SJDR é justissima e corretíssima. Parabéns confrade pelo bom resultado e pela sua fala sempre bem embasada nos fatos e nas boas interpretações. Espero estar presente na próxima assembleia de junho para podermos nos rejubilar com o plenário desse seu feito histórico, compartilhado , na oportunidade, por vários confrades e, em especial, pela confreira Betânia Maria Monteiro Guimarães e familiares.
Receba meu abraço fraterno
Paulo Roberto de Sousa Lima

Adilson Nascimento (pintor e restaurador são-joanense; pintou imagem do fundador Dr. Milton de Resende Viegas (óleo sobre tela) para a Academia de Letras de São João del-Rei e pintou também o Pavilhão de Matosinhos (óleo sobre tela) para o IHG-SJDR) disse...

Ainda que me tarde nos comentários de seus riquíssimos textos, não poderia deixar de parabenizá-lo nesse resgate histórico. A cada dia me torno seu fã incondicionalmente. Eu, ausente nas reuniões da Academia de Letras, em voos rasantes o sigo em silêncio nas suas postagens que me são enviadas via email. Parabéns, parabéns....
Não deixe de resgatar nossa história, nossos heróis, nosso ontem. O ontem reconstrói o nosso amanhã: com salvas de palmas ou com vaias.

Grande abraço, Adilson Nascimento

Ozório Couto (poeta, escritor, autor de "Lyra Aterradense" e membro do IHGMG e da Academia Mineira de Letras) disse...

Querido amigo e confrade Braga.
Como gostaria de ter estado aí e prestigiar.
Parabéns para vocês. Viva São João del-Rei! Viva você!
Abração. Ozório

Prof. Fernando de Oliveira Teixeira (professor universitário, escritor, poeta e membro da Academia Divinopolitana de Letras) disse...

Obrigado pelo envio, amigo. Fernando Teixeira

Prof. Bernardo Diniz ((professor da rede de ensino fundamental do DF) disse...

Caro amigo, parabéns por mais esse trabalho de tanta magnitude para a História de S.J.D.R .
Sinto-me lisonjeado por partilhar uma amizade com uma pessoa da sua envergadura para promover tantos fatos que despertam a memória dos ilustres habitantes dessa cidade.
Recordar é viver, já diziam alguns.
Inclusive a mim que já ministrei aulas na escola Dr. Kleber Filgueira.
Abraço a vc e a Rute.

Vereador Jorginho Hannas disse...

SOLENIDADE EM HOMENAGEM AO EX-PREFEITO FÁBIO NELSON GUIMARÃES

Participei há pouco de uma solenidade no salão Nobre da Prefeitura, que agora conta com o quadro do Senhor Fábio Nelson Guimarães na galeria dos prefeitos de nossa querida São João del-Rei.

Oportunidade honrosa de fazer jus a esta pessoa que teve seu nome marcado na história de nosso município no ano de 1966.

Gratidão ao prefeito Nivaldo pela presença, José Egídio, Agostinho Bolognani, amigos e familiares do referido homenageado na pessoa do nobre Francisco José dos Santos Braga, e ao meu assessor Bené do Calçadão.

Facebook: https://www.facebook.com/permalink.php?id=1196797383716209&story_fbid=2392312040831398

Nilo da Silva Lima (membro da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

Prezado Francisco,

Obrigado pelo artigo encaminhado. Parabéns pela matéria. Pelo reconhecimento deste cidadão importantíssimo para São João del-Rei. Continuo, como havia te falado desenvolvendo pesquisa sobre escritores e poetas de São João del-Rei. Gostaria de lhe pedir a DISPONIBLIZAÇÃO dessa matéria no site da Prefeitura Municipal de São João del-Rei. Seria possível?

Grande abraço.

Nilo da Silva Lima

Pedro Paulo Torga da Silva (participante e incentivador do Movimento dos Focolares no Brasil) disse...

Parabéns Francisco, belo trabalho. O homenageado foi meu professor no Colégio Tiradentes. Tenho boas lembranças dele. Muito culto! Fico agradecido pela justiça feita.
Parabéns, abraços para você e Rute,


Pedro Paulo

O amor não é nada científico... mas leva muito mais longe

Dom Francisco Barroso Filho (bispo emérito de Oliveira-MG, grande orador, autor de Igreja de São Francisco de Assis e membro da Academia Marianense de Letras, Ciências e Artes) disse...

Prezado amigo Francisco Braga, o seu discurso, nas justas solenidades em homenagens ao Ex prefeito de São João Del Rei, Fábio Nelson Guimarães, discurso que li e reli com atenção, me levou à conclusão de que o caro amigo e Xará Francisco Braga é, não só um grande escritor, mas também um brilhante Orador. - obrigado pelo envio do Discurso. - Meus cumprimentos, extensivos à Rute. Dom barroso.

Prof. Cupertino Santos (professor aposentado da rede paulistana de ensino fundamental) disse...

Caro professor Braga.
Uma satisfação conhecer esse personagem da história sanjoanense, uma vez que não sou da cidade, porém curioso interessado, dadas as leituras de suas publicações. Sensibilizado lhe parabenizo por abraçar com sucesso mais uma causa justa e bem sucedida, graças ao seu talento, conhecimento e amor profundos das coisas e do povo da sua cidade.
Abraço.
Cupertino

Dr. Hélio Martins Costa (MM. Juiz de Direito da 3ª Vara Cível da Comarca de São João del-Rei) disse...

Caro amigo Francisco Braga.

Parabéns pela sua iniciativa a um só tempo fazendo justiça e resgatando a nossa história.

Li atentamente seu discurso. Obrigado pela oportunidade de mais este aprendizado.

Fraterno abraço.

Hélio