sábado, 8 de junho de 2019

DISCURSO DE SAUDAÇÃO AO NEO-ACADÊMICO FRANCISCO JOSÉ DOS SANTOS BRAGA EM SESSÃO SOLENE NA ACADEMIA MARIANENSE DE LETRAS



Discurso proferido por Dom Francisco Barroso Filho
Membro da Casa de Cultura - Academia Marianense de Letras, Ciências e Artes 

Revmo. Dom Barroso saúda o neo-Acadêmico Francisco José dos Santos Braga 
em sessão solene no dia 1º de junho de 2019


No afã de conhecer melhor o novo Acadêmico Francisco José dos Santos Braga, a quem dou as boas vindas, deparei com a riqueza do seu “Curriculum Vitae”. 

Foi, realmente, inspirado o saudoso e imortal Acadêmico Dr. Roque Camêllo, ex-Presidente da Academia Marianense de Letras, ao convidar o Professor, Escritor e Compositor Francisco José dos Santos Braga, para ocupar uma das Cadeiras, nesta Academia Marianense de Letras, fundada com a importante finalidade de promover a cultura, em todas as suas manifestações. 

As pessoas apreciadoras das Letras e das Artes, como o saudoso Dr. Roque Camêllo e o seu convidado de honra Professor, Escritor, Compositor e Pianista Francisco Braga, sempre sentiram a necessidade de se reunirem em Grupos ou Associações, com o objetivo de cultuar, preservar, renovar e aprimorar a evolução dos dons intelectuais e artísticos de que foram dotados por Deus. 

E, como já dissemos, este é um dos objetivos da Academia Marianense de Letras, Ciências e Artes. 

Mas não nos esqueçamos de que a busca do saber e do aprimoramento, só tem sentido, quando o objetivo principal é a prática do bem, que pode ser buscada na beleza da Arte. 

Com efeito, a “Via Pulchritudinis”, o Caminho do Belo, da Arte, nos conduz a Deus, o Criador, o Inspirador de tudo o que é Belo. E toda verdadeira Arte reflete a Beleza de Deus. 

Congratulo-me com a nossa Presidente Professora Hebe Rôla por ter confirmado o convite do Dr. Roque Camêllo e pela feliz iniciativa da escolha do nome do Dr. Roque Camêllo como Patrono da nova Cadeira a ser ocupada pelo neo-Acadêmico Francisco Braga, que reúne, em si, todos os predicados necessários para honrar o nome do seu insigne Patrono, que é reverenciado por todos nós. 

Nascido em São João del-Rei, em 1949, Francisco Braga frequentou o Curso Primário no Grupo Escolar João dos Santos e os Cursos Ginasial e Clássico no Colégio Santo Antônio, no Prédio que, hoje, sedia a Universidade Federal de São João del-Rei. Graduou-se, posteriormente, em Letras pela Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras. 

Fez o Curso de Música, especializando-se em Piano, no Conservatório Estadual de Música Padre José Maria Xavier. Em São Paulo, deu continuidade ao Curso de Música. Ali, com o Maestro Souza Lima, fez Piano e, com o Professor Sérgio O. de Vasconcellos-Corrêa, fez Composição.

Simultaneamente à sua atividade musical, Francisco Braga tornou-se Tradutor de muitos livros nas áreas de Finanças e Contabilidade, assuntos em que se especializou, obtendo o grau de Mestre em Administração, pela Fundação Getúlio Vargas, na qual foi Professor. 

O nosso neo-Acadêmico orgulha-se, com razão, de ter cooperado com o Ministro Hélio Beltrão, na modernização da Receita Federal e, com o Presidente José Sarney, na modernização do Senado Federal. Na Gráfica do Senado Federal, Francisco Braga publicou dois livros: “Manual de Orientação aos Prefeitos”, em 1993 e o “Guia Administrativo (orientação para convênios)”, em 1994. 

Com seus artigos publicados em revistas culturais, Braga contribuiu, entre outras coisas, para o restabelecimento da verdade histórica acerca do local de nascimento de Tiradentes, como ocorreu quando publicou, na Revista de Cultura Vozes de jan/fev de 1992, o artigo "São João del-Rei: a terra natal de Tiradentes", em seguida transformado em discurso do Senador Alfredo Campos em Plenário (11/03/1992) e em opúsculo intitulado "Tiradentes, Cidadão Sanjoanense (uma contribuição ao restabelecimento da verdade histórica acerca do local de nascimento do Tiradentes)", editado pela Gráfica do Senado. 

Francisco Braga é o Idealizador e Fundador do Coral do Senado Federal. 

Bacharel em Música pela Universidade de Brasília, Braga tem se apresentado em Recitais, como Pianista, Solista e Acompanhador, em várias cidades brasileiras, tais como Brasília, Goiânia, Anápolis, São Paulo, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Divinópolis, Santos Dumont, Mariana, Tiradentes e São João del-Rei. 

Ultimamente, Francisco Braga tem se apresentado como Pianista acompanhante de sua esposa, a brilhante Soprano Rute Pardini, Cantora Lírica, em saraus e apresentações públicas, como na Comemoração dos 40 anos do Museu da Música de Mariana, a convite da nossa Academia Marianense de Letras, em noite de gala de 6 de julho de 2013. 

Não cesso de lembrar, com certo orgulho, de que, numa memorável tarde são-joanense, na acolhedora residência do casal amigo Francisco Braga e Rute Pardini, tive o privilégio de ser distinguido com um rico presente, que só aquele casal amigo podia me oferecer: um belo e inesquecível Recital, por eles apresentado, exclusivamente para mim, que, em confortável poltrona, apreciava a apresentação daquele selecionado repertório de músicas clássicas, tão bem executadas. Vi, naquele gesto amigo do casal, a delicadeza de Deus para comigo, pois Deus sabe o quanto aprecio uma boa música. 

Participou de Cursos de Especialização de línguas estrangeiras, no Instituto Goethe de Berlim, na Universidade Estatal de Moscou (M.G.U.) e no Instituto Pushkin, na Rússia, na Faculdade de Letras da Universidade de Varsóvia, na Polônia, e na Universidade Aristotélica de Thessaloníki, na Grécia. 

É de Francisco Braga o prefácio do livro “Tributo ao Professor Roque José de Oliveira Camêllo”, de autoria do Dr. Arnaldo de Souza Ribeiro, com quem me congratulo, pela feliz iniciativa desta publicação. O lançamento deste livro, nesta Sessão Solene de Posse de um neo-Acadêmico, vem trazer maior brilhantismo a esta reunião da Academia Marianense de Letras. 

Dentre os vários títulos e condecorações que tem recebido, Francisco Braga foi agraciado com a “Comenda da Liberdade e da Cidadania” (2011), com a “Medalha do Mérito Cívico Tomás Antônio Gonzaga” (2011), com a “Medalha Comemorativa dos 30 anos da Academia de Letras de Brasília” (2012) e com a Medalha “Frei Orlando-Patrono do SAREx (1913-2013)”, concedida pelo Comando Militar do Oeste. 

Além da Academia Marianense de Letras, na qual, solenemente, toma posse hoje, o Professor, Escritor e Pianista Francisco Braga é membro de várias outras Academias de Letras, tais como: A Académie Internationale de Lutèce, em Paris, na França; Academia de Letras de São João del-Rei; Academia Divinopolitana de Letras; Academia Mantiqueira de Estudos Filosóficos, em Barbacena; Academia Valenciana de Letras, em Valença-RJ; Academia Taguatinguense de Letras; Academia Barbacenense de Letras; Academia Lavrense de Letras e Academia Formiguense de Letras. Além de ser membro de várias Academias de Letras, o nosso neo-Acadêmico é membro também do IHG de São João del-Rei, do IHG do Distrito Federal, do IHG da Campanha-MG e do Instituto Cultural Visconde do Rio Preto, em Valença-RJ. 

Francisco Braga teve participação nas seguintes antologias:
No Limiar do Terceiro Milênio, org. Maria de Lourdes Reis, presidente da Casa do Poeta Brasileiro (Poébras), seção de Brasília-DF, Brasília, 1999, p. 59-62;
Livro Comemorativo dos 60 anos da criação da Academia Valenciana de Letras-AVL (1949-2009), p. 263-270;
10ª Antologia da Academia Formiguense de Letras-AFL (Livro nº 10, 2015), p. 48-52, como ocupante da Cadeira nª IV patroneada por João Guimarães Rosa;
Antologia Acadêmica em comemoração ao Jubileu da Academia Lavrense de Letras (1967-2017), vol. III, 2017, como ocupante da Cadeira XVI patroneada por José Severiano de Rezende;
O que a vida quer da gente é coragem (homenagem a João Guimarães Rosa), org. por Prof. Arnaldo de Souza Ribeiro e Toni Ramos Gonçalves, da Academia Itaunense de Letras-AILE, 2018, p. 53-59;
O Roque Camêllo que conheci, org. Mário de Lima Guerra (Instituto Roque Camêllo), 2019, p. 9-14. 

Em São João del-Rei, Francisco Braga foi colaborador ativo das seguintes edições:
– Revistas da Academia de São João del-Rei: Ano V, nº 5, 2011; Ano VI, nº 6, 2012 e Ano VII, nº 7, 2013 (http://www.academialetrassjdelrei.org.br/Revistas?req=1);
– Boletins do IHG de São João del-Rei: mai 2011; jun/jul 2011; set 2011. 

Francisco Braga gerencia ainda dois blogs: Blog do Braga e Blog de São João del-Rei. Os principais trabalhos de sua autoria, musicais e literários (ensaios, artigos e entrevistas) encontram-se no Blog do Braga (www.bragamusician.blogspot.com), enquanto o Blog de São João del-Rei (www.saojoaodel-rei.blogspot.com) hospeda colaborações de quaisquer autores que escrevem sobre essa histórica cidade, sendo Braga o principal autor/colaborador com matérias próprias no campo da historiografia. É colaborador assíduo dos seguintes portais são-joanenses: São João del-Rei Transparente (https://saojoaodelreitransparente.com.br/) e O Grande Matosinhos (http://www.ograndematosinhos.com.br/). Em São Paulo é o mais frequente colaborador do Portal Concertino (de música clássica) (https://concertino1.websiteseguro.com/index.php?option=com_content&view=category&id=172&Itemid=106). 

Depois desse longo relato de um tão rico “Curriculum Vitae” do Neo-Acadêmico Francisco José dos Santos Braga, resta-nos concluir que a nossa Academia se acha, hoje, enriquecida, ao poder contar com a presença constante de mais um Acadêmico que reúne em si tantos dotes intelectuais e artísticos. 

Seja bem-vindo, meu caro amigo Francisco Braga, à Academia Marianense de Letras, Ciências e Artes, que hoje se sente orgulhosa por ter uma de suas Cadeiras ocupada por tão insigne membro.

Francisco Braga cumprimenta Revmo. Dom Barroso ao final de sua peça oratória

10 comentários:

Francisco José dos Santos Braga (compositor, pianista, escritor, tradutor, gerente do Blog do Braga e do Blog de São João del-Rei) disse...

Tenho o prazer de enviar-lhe a saudação de que fui recipiendário quando de minha posse como membro efetivo na Academia Marianense de Letras, ocupando a Cadeira nº 23 cujo patrono é o saudoso Dr. Roque Camêllo. O orador que me recepcionou naquele 1º de junho é o Revmo. Dom Francisco Barroso Filho, membro efetivo da mesma Academia desde maio de 2015. Sua brilhante peça oratória muito me comoveu, especialmente partindo de um amigo dileto e leal.
Agradeço ao imortal Dom Barroso por atender o meu convite de colaborar com o Blog de São João del-Rei.

DISCURSO DE DOM BARROSO
https://saojoaodel-rei.blogspot.com/2019/06/discurso-de-saudacao-ao-neo-academico.html

BREVE BIOGRAFIA DO ORADOR
https://saojoaodel-rei.blogspot.com/2019/06/colaborador-dom-francisco-barroso-filho.html

Cordial abraço,
Francisco Braga

Maestro Jorge Antunes (ex-professor da UnB, precursor da música eletroacústica e presidente da SBME-Sociedade Brasileira de Música Eletroacústica. Durante sua presidência foi produzida uma coletânea com 5 CDs de música eletroacústica brasileira composta nos últimos 50 anos) disse...

Parabéns para meu querido amigo Braga, o multiacadêmico multi-imortal.
Abraços extensivos à querida Rute,
Jorge Antunes e Mariuga

Nicolau Bachá (baterista de grupo de jazz no Rio de Janeiro) disse...

FUI TESTEMUNHA OCULAR E AUDITIVA.
FOI UMA HONRA ESTAR PRESENTE.

Diamantino Bártolo (professor universitário Venade-Caminha-Portugal, gerente de blog que leva o seu nome http://diamantinobartolo.blogspot.com.br/) disse...

Muito obrigado, Francisco Braga
Excelente discurso e uma biografia impressionaste.
Bom final de semana.
Abraço.

Prof. José Maurício de Carvalho (ex-professor titular da UFSJ , membro do Instituto de Filosofia Brasileira, do Instituto de Filosofia Luso-brasileira com sede em Lisboa, da Academia de Letras de São João del-Rei e da Academia Mantiqueira de Estudos Filosóficos-AMEF, filósofo, psicólogo e pedagogo) disse...

Caro Francisco, mais uma vez parabéns! Siga esse exemplo de cuidado com a cultura e o conhecimento. Abraços, Mauricio.

Dr. Rogério Medeiros Garcia de Lima (professor universitário, desembargador do TJMG, escritor e membro do IHG e da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

QUE BELEZA! UMA DÁDIVA SER SAUDADO POR DOM BARROSO. PARABÉNS!
ABS E BOM DOMINGO,


ROGÉRIO

Dra. Merania de Oliveira (jornalista e viúva do ex-presidente da Academia Marianense de Letras, Dr. Roque Camêllo, e fundadora do Instituto Roque Camêllo) disse...

Obrigada pelo envio do discurso de Dom Barroso. Hoje vou colocar no Facebook.

João Pinto de Oliveira (presidente do Sicoob Credivertentes, membro correspondente do Instituto Histórico e Geográfico e membro efetivo da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

Caro confrade Prof. Braga,

Grato pela remessa do discurso de saudação à sua posse na Academia
Marianense de Letras. Farei divulgação junto aos meus circulos de
relacionamento.

Uma vez mais, efusivos cumprimentos por sua posse.

Abraços

João

Paulo Roberto Sousa Lima (escritor, gestor cultural e presidente eleito do IHG de São João del-Rei para o triênio 2018-2020) disse...

Prezado confrade Francisco Braga, boa tarde. Obrigado pelo envio dessa peça laudatória da fina lavra de Dom Barroso, pessoa a quem aprendi a admirar. Vc é merecedor de todos os encômios e sinto-me feliz ao vê-lo ser tão bem recebido nessa AML que se tornará, com certeza, uma referência na produção intelectual no Estado e no País. Parabéns, Sr. Secretário de Relações Institucionais do IHG-SJDR.
Receba meu fraternal abraço.
Paulo Sousa Lima

Prof. Fernando de Oliveira Teixeira (professor universitário, escritor, poeta e membro da Academia Divinopolitana de Letras) disse...

Prezado confrade e amigo Braga, boa tarde. Agradeço o envio da preciosa peça oratória. Saudações para você e para a Rute. Fernando Teixeira